Isso só acontece aqui!

14 10 2008

O 2º Juizado Especial Cível de Brasília condenou a empresa Eliana Floricultura-Me a pagar indenização de R$ 60 a uma cliente devido à morte prematura de uma flor, a título de danos materiais. O valor deverá ser corrigido pelo INPC (Índice Nacional de Preços ao Consumidor) desde fevereiro deste ano, acrescido de juro de mora de 1% ao mês a partir da citação.

A ação foi movida por uma mulher inconformada pela morte de uma orquídea exótica –de doença não identificada– 15 dias depois de a flor ter sido comprada.

Anúncios

Ações

Information

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s




%d blogueiros gostam disto: